Skip to main content

Veganismo na terceira idade: esclareça 4 dúvidas bastante comuns

Chegar na terceira idade com saúde é o objetivo de todos hoje em dia. Considerando que a população idosa do Brasil está crescendo a cada ano, dá para entender muito bem isso. Será que o veganismo na terceira idade é a solução para os idosos?

O veganismo possui diversas vantagens, inclusive para a terceira idade. Porém, antes de adotar essa dieta, é importante tirar algumas dúvidas a respeito da dieta vegana.

1. A dieta vegana fornece todos nutrientes necessários?

Contanto que a dieta esteja balanceada, ela consegue oferecer todos os nutrientes que um corpo na terceira idade precisa. Geralmente associamos proteínas e cálcio a alimentos de origem animal, mas eles também são encontrados em alimentos vegetais.

Para isso, é necessário ter uma dieta rica em leguminosas, frutas, cereais (de preferência integrais) e sementes. Também é importante evitar alimentos processados e fast foods que são pobres em nutrientes e ricos em açúcares e carboidratos.

Os alimentos consumidos devem incluir fontes de ferro, cálcio, zinco, potássio, vitamina D, vitamina B12 e outros sais minerais.

2. Veganismo na terceira idade rejuvenesce?

Esse é um mito que surgiu quando a mídia começou a divulgar famosas veganas na terceira idade com “corpinho de 30”. A verdade é que a prática veganismo na terceira idade, por si só, é incapaz de oferecer esses resultados.

Para conseguir manter a jovialidade é preciso combinar a dieta com uma série de outros fatores. Manter cuidados com a pele e uma boa hidratação, além de evitar álcool, tabaco e demais excessos estão entre eles. Portanto, se você quer se tornar um idoso jovial invista na dieta vegana e também em cuidados com si mesmo.

3. O idoso consegue ser mais saudável só sendo vegano?

O veganismo na terceira idade é o começo do caminho para uma vida plena e saudável. Ele proporciona uma dieta mais balanceada e completa, rica em tudo que o corpo precisa. Porém, como mencionamos no item anterior, não é o suficiente.

Além de investir nessa dieta o idoso precisa adotar hábitos de vida saudáveis. Isso implica em realizar exercícios físicos com frequência e ter uma boa vida social. Pratique as atividades que você ama e também aproveite para se aperfeiçoar moralmente através do veganismo.

4. Dieta vegana ajuda a prevenir doenças?

Já é um fato comprovado de que na terceira idade os hábitos alimentares estão completamente relacionados às doenças. Uma pessoa com hábitos mais saudáveis durante toda a vida estará menos disposta a desenvolver condições desfavoráveis. Felizmente, a dieta vegana é uma ótima opção para a terceira (e qualquer idade, na verdade).

A dieta balanceada, que utiliza vegetais, leguminosas, sementes e cereais integrais, ajuda o corpo a repor todos os nutrientes necessários para seu bem-estar. Isso inclui consumir e absorver melhor o cálcio nos ossos, ajudando inclusive na prevenção da osteoporose.

Já se convenceu a adotar o veganismo na terceira idade? Ele possui diversas vantagens e ajuda a atingir um estilo de vida mais saudável. Além disso, adotando esses hábitos você conseguirá contribuir na diminuição da crueldade animal no mundo.

Parece que são só vantagens, não?

Se você experimentou o estilo de vida vegano ou conhece alguém da terceira idade que segue o veganismo, conte-nos nos comentários. Queremos conhecer sua experiência!

Foto de capa:Anthony Tran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *