Skip to main content

Saiba por que ser vegetariano é um ótimo começo para o veganismo

Para aderir ao veganismo, que exige mudança radical de hábitos, é importante respeitar seu próprio tempo. Caso contrário, a transição será difícil para um organismo acostumado ao consumo de carne. Hoje explicaremos por que ser vegetariano pode ser um ótimo começo!

 

Os veganos são conhecidos por causa de sua forte ideologia de combate à exploração animal. Além dos alimentos, eles lutam também contra a indústria de cosméticos e de outros produtos que fazem testes em bichos.

 

O caminho até esse pensamento pode ser sinuoso e com diversos obstáculos, como a falta de itens veganos nos supermercados e o alto preço de revenda. Outra dificuldade é abolir de vez os velhos costumes, que podem ter durado anos e décadas na sua vida.

 

Movimentos que incentivam

 

Uma frase atribuída ao escritor russo Liev Tolstói, que era vegetariano, diz:

 

 “O comer carne é a sobrevivência da maior brutalidade; a mudança

para o vegetarianismo é a primeira consequência natural da iluminação.”

 

Essas palavras mostram que eliminar a carne é o primeiro passo para atingir a ideologia mais profunda, presente no veganismo. Para uma alimentação e hábitos 100% veganos é preciso substituir praticamente tudo o que existe ao nosso redor.

 

O ideal é que as mudanças mais tênues sejam feitas aos poucos, não é mesmo? Assim como quem pretende parar de fumar ou largar para sempre a bebida alcoólica. Paciência e muita força de vontade são essenciais.

 

Uma dica é apoiar movimentos que incentivam o consumo de alimentos vegetais. O “Segunda Sem Carne” e o desafio “21 dias sem carne” são dois exemplos. Afinal de contas, é a partir de tentativas, organização e costume que será possível atingir os objetivos maiores.

 

Muito além da alimentação

 

Como já dissemos, a ideologia vegana vai muito além da alimentação. As organizações vegans trabalham para combater toda e qualquer forma de exploração animal. Por isso, se você optar pelo vegetarianismo da causa animal, ser vegano estará a um pulo.

 

Em um primeiro momento, pode parecer incoerente. Porém, muitos adeptos ao veganismo começaram assim. Não há por que ter vergonha, já que você estará respeitando seu próprio tempo, eliminando os produtos de origem animal aos poucos da sua vida.

 

Consumo feito de escolhas

 

Quando compreender por que ser vegetariano, será possível abrir a mente e fazer as suas escolhas. Aliás, escolher o vegetarianismo já será uma grande mudança! A partir daí será preciso colocar na balança (metaforicamente) tudo aquilo que faz ou não sentido pra você.

 

A diferença técnica entre um vegetariano e um vegano é que o primeiro não deixa, necessariamente, de consumir ovos, leite e produtos que tiveram origem animal ou exploração – exceto a carne. Existem três principais tipos de vegetarianos: os ovolactovegetarianos, os lactovegetarianos e os vegetarianos estritos.

 

Outra definição importante, seja no vegetarianismo ou no veganismo, é o consumo sustentável. Afinal, é preciso pensar no futuro das próximas gerações, evitando alimentos industrializados, que geram lixo e contaminam o meio ambiente. Por isso, apostar em opções orgânicas faz parte do entendimento sobre por que ser vegetariano.

 

Você também acha que esse pode ser um bom começo para o veganismo? Deixe o seu comentário!

Um comentário em “Saiba por que ser vegetariano é um ótimo começo para o veganismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *